Muralha é xingado em embarque do Flamengo para a Colômbia


Muralha foi hostilizado por torcedores do Flamengo no embarque da delegação para a Colômbia na tarde desta terça-feira, no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. Ao ouvir os xingamentos, o goleiro parou e olhou fixamente para o grupo. Entre eles, vários policiais militares, que faziam a proteção ao elenco rubro-negro.

Os policiais acompanharam o goleiro até o portão de embarque. Um dos torcedores ameaçou Muralha: "Se não ganhar, sua vida vai virar um inferno".

Pela manhã, durante o treinamento do time no Ninho do Urubu, o goleiro teve longa conversa com o preparador de goleiros Victor Hugo e o gerente de futebol Mozer. O arqueiro falhou nos dois gols diante do Santos na derrota por 2 a 1 no domingo, pelo Brasileiro, e deve ser barrado do confronto de volta.

O Flamengo embarcou com três goleiros para a partida desta quinta-feira, diante do Junior Barranquilla, pela semifinal da Copa Sul-Americana. Além de Muralha, César e Thiago foram relacionados.

Os relacionados do Flamengo para a viagem:

GOLEIROS: Alex Muralha, César e Thiago

LATERAIS: Pará, Rodinei, Renê, Trauco e Klebinho

ZAGUEIROS: Juan, Réver, Léo Duarte e Rhodolfo

MEIAS: Cuéllar, Arão, Romulo, Márcio Araújo, Gabriel, Mancuello, Diego, Éverton Ribeiro e Paquetá

ATACANTES: Vizeu, Lincoln, Geuvânio e Vinicius Junior





VEJA TAMBÉM:
> Substituto de Muralha pega pênalti, Fla vence com 2 de Vizeu e garante mais uma final Brasil x Argentina
> Substituto de Muralha pega pênalti e Fla volta a disputar final continental
> Muralha é xingado em embarque do Flamengo para a Colômbia
> Presidente do Flamengo diz que não foi procurado por Adriano sobre desejo de voltar ao clube




Comentários

Veja também











Mais notícias ->

REDES SOCIAIS