Juan evita “desculpas” e garante que Flamengo pode reverter final


O Flamengo até saiu na frente do Independiente na Argentina, mas acabou levando a virada e perdendo por 2 a 1 o primeiro confronto da final da Copa Sul-Americana. Mesmo assim, o zagueiro Juan saiu de campo convicto de que o time mostrou em campo que tem capacidade para reverter o placar e, assim, levar o título internacional.

“Eles tiveram uma felicidade muito grande no segundo gol, em um belo chute. Tivemos oportunidade para empatar, mas agora é descansar para reverter isso”, comentou o experiente jogador, ao Sportv, dar uma cutucada na Conmebol, responsável por organizar a competição e pela ideia de desconsiderar o gol qualificado fora de casa só nas finais.

“Não tem como reclamar. A gente (sul-americanos) faz de tudo mais complicado. O campeonato todo com uma regra e nesse final é outra (regra), mas, valeu. Lutamos, perdemos, mas em casa, com apoio da nossa torcida, o que sofremos aqui eles vão sofrer lá, conseguiremos reverter”, avisou.

Quando questionado sobre o desgaste físico, Juan foi sucinto. O Flamengo fez 32 jogos a mais que o Independiente nessa temporada (84 a 52) e vem de viagens e partidas em sequência, enquanto os argentinos tiveram a rodada do campeonato local adiada justamente para chegarem à final descansados.

“A gente não tem que se apegar a nenhum álibi, nenhuma desculpa. Os números são esses, (o Flamengo) é o time que mais jogou no mundo em uma temporada, mas temos força para reverter”, concluiu Juan.





VEJA TAMBÉM:
> Substituto de Muralha pega pênalti, Fla vence com 2 de Vizeu e garante mais uma final Brasil x Argentina
> Substituto de Muralha pega pênalti e Fla volta a disputar final continental
> Muralha é xingado em embarque do Flamengo para a Colômbia
> Presidente do Flamengo diz que não foi procurado por Adriano sobre desejo de voltar ao clube




Comentários

Veja também











Mais notícias ->

REDES SOCIAIS