Jogadores do Fla mantêm esperança: 'O que a gente sofreu aqui, eles vão sofrer lá'


O Flamengo perdeu nesta quarta-feira (6) por 2 a 1, contra o Independiente, no primeiro jogo da final Copa Sul-Americana, no estádio Libertadores de América, mas o tom dos jogadores foi de otimismo para a partida de volta. Esperando o apoio da torcida, o zagueiro Juan foi firme: "eles vão sofrer lá".

"Não tem como reclamar. É um campeonato complicado. Mas, valeu. O jogo foi difícil, o campo é muito difícil. Perdemos pelo placar mínimo, vamos jogar com o apoio da nossa torcida. O que a gente sofreu aqui, eles vão sofrer lá. Vamos tentar reverter", disse, na saída do gramado.

O placar obriga o Rubro-Negro a conseguir uma vitória mínima para levar a disputa para os pênaltis. Vale lembrar que não há a vantagem do gol fora de casa na final da Sul-Americana. Até por isso, o volante Willian Arão demonstrou confiança no título e fez um apelo pela presença da torcida. Os ingressos para a segunda final esgotaram nessa semana.

"É muito reversível o placar. A gente mostrou que consegue jogar. Eles jogaram em casa e nos empurraram para trás. A gente teve contra-ataques e não aproveitou. Vamos jogar em casa e para frente. Esperamos jogar com o apoio da torcida".





VEJA TAMBÉM:
> Substituto de Muralha pega pênalti, Fla vence com 2 de Vizeu e garante mais uma final Brasil x Argentina
> Substituto de Muralha pega pênalti e Fla volta a disputar final continental
> Muralha é xingado em embarque do Flamengo para a Colômbia
> Presidente do Flamengo diz que não foi procurado por Adriano sobre desejo de voltar ao clube




Comentários

Veja também











Mais notícias ->

REDES SOCIAIS