Guerrero vai apelar ao tribunal da Fifa para anular suspensão


Guerrero vai apelar ao tribunal da Fifa para anular suspensão

Paolo Guerrero, suspenso por 30 dias pela Fifa após doping para a benzoilecgonina, um metabólito da coca e da cocaína, vai recorrer da punição. Sua equipe de advogados já havia solicitado a anulação da suspensão, teve pedido negado e estudava se iria ou não recorrer ao Tribunal de Apelação da Fifa.

Ele perdeu o primeiro jogo da seleção do Peru contra a Nova Zelândia, no sábado, pela repescagem das Eliminatórias da Copa. O jogo terminou em 1 a 1, e o segundo confronto será na quarta-feira, em Lima. Além disso, Guerrero tem a semifinal da Sul-Americana, com o Flamengo, contra o Junior de Barranquilla, da Colômbia, nos dias 23 e 30, pela frente.

A contraprova do exame do jogador, aberta na última quinta-feira e cujo resultado foi conhecido na sexta-feira, deu positivo para o estimulante, configurando o doping positivo.

O bioquímico L. C. Cameron, que faz parte da equipe de defesa do jogador e é o coordenador do Laboratório de Bioquímica de Proteínas da UNIRIO, foi quem acompanhou a abertura da amostra B, em Colônia, na Alemanha. Guerrero fez o exame antidoping após o jogo do Peru contra a Argentina pelas Eliminatórias, em 5 de outubro.

O advogado do atleta, Bichara Neto, informou que, no detalhamento da amostra A, não apareceram outros metabólitos da coca (resultado de seguidas transformações da coca ou cocaína no organismo; no metabolismo) e que a concentração de benzoilecgonina é muito baixa.

A defesa irá se basear nesses dados para tentar diminuir a pena de quatro anos de suspensão, prevista no código antidopagem da Agência Mundial Antidoping (Wada).

Para isso, terá de indicar, e provar, como o metabólito da coca e da cocaína apareceu no organismo do atleta. O objetivo é provar que a substância foi ingerida sem a intenção e o conhecimento do jogador. Assim, a pena pode cair para dois anos.

A defesa do atleta terá de ser enviada à Fifa até o dia 26. O julgamento será no dia 30, em Zurique, na Suíça.


 

VEJA TAMBÉM:
> Flamengo ‘faz festa’ diante do Madureira
> Alanyaspor pediu R$ 20 milhões ao Fla para liberar Vagner Love, revela o atacante
> Taça Guanabara acaba com prejuízo de R$ 1,7 milhão para grandes e Ferj de cofre cheio
> Vinicius Junior sonha em ser o melhor jogador do mundo: 'Um dia chego lá'
> Presidente do Flamengo diz que não foi procurado por Adriano sobre desejo de voltar ao clube




Comentários

Veja também











Mais notícias ->

REDES SOCIAIS
Facebook Nação Flamengo Twitter Nação Flamengo